MOC começa as ações do novo projeto para Crianças e Adolescentes

MOC começa as ações do novo projeto para Crianças e Adolescentes

11/01/2018

Em uma das linhas de trabalho, ações e lutas do Movimento de Organização Comunitária (MOC) se insere na busca para contribuir com a garantia de direitos humanos de crianças e adolescentes das comunidades rurais, que na sua maioria são negados. Dessa forma, o MOC acredita que investir na inclusão social, assim como na educação contextualizada através de projetos sociais, contribuirá para umdesenvolvimento sustentável da comunidade, diante de um cenário com índices baixos no setor educacional e social que se encontra no Semiárido.

Leia mais
Monitoramento de Jovens multiplicadoras aconteceu em Retirolândia

Monitoramento de Jovens multiplicadoras aconteceu em Retirolândia

10/01/2018

Jovens multiplicadoras do projeto “Esportes Cooperativos: Inclusão Social, Construção de Saberes e Cidadania no Semiárido” desenvolvido pelo Movimento de Organização Comunitária - MOC com apoio da Unesco / Criança Esperança, participaram nesse 09 de janeiro, no município de Retirolândia, de uma reunião de monitoramento para analisar ações já realizadas e construir um roteiro de retorno nas comunidades que são atendidas pelo projeto, que são elas: Maracujá de Conceição do Coité, Jitaí de Retirolândia e Mucambinho de Santaluz, para que essas possam contar e avaliar como foi o processo de execução das atividades, assim como o que mudou, ou seja, quais os resultados das vivências das crianças e adolescentes, como também das famílias e das comunidades.

Leia mais
VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES: ENTRE O AMOR E O ÓDIO

VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES: ENTRE O AMOR E O ÓDIO

04/01/2018

Você já percebeu como o machismo, assim como o patriarcado está presente no seu dia a dia? Já parou para analisar o que algumas músicas falam sobre a mulher?

Leia mais
Muita emoção na entrega da Medalha 2 de Julho ao teólogo Naidison Baptista

Muita emoção na entrega da Medalha 2 de Julho ao teólogo Naidison Baptista

22/12/2017

“Colher a água, reter a água, guardar a água, quando a chuva cai do céu, guardar em casa, também no chão e ter a água se vier à precisão”. Foi com essa canção característica do Semiárido rico em possibilidades, que a plenária da Assembleia Legislativa da Bahia - ALBA recebeu o ilustre convidado, o teólogo Naidison de Quintella Baptista para receber a maior honraria concebida por essa Casa, na tarde dessa quinta-feira, dia 21 de dezembro, no Centro Administrativo da Bahia - CAB, em Salvador, que teve como autora da homenagem a deputada Fátima Nunes (PT).

Leia mais
Crianças, Adolescentes e mães compartilham as histórias de suas comunidades sistematizadas em Artes

Crianças, Adolescentes e mães compartilham as histórias de suas comunidades sistematizadas em Artes

18/12/2017

“Boas vindas, um novo dia vai nascer. Tenha Sempre o que dizer. E nunca espere pelo Fim. Boas Vindas, vai se aprendendo a Viver. O dia é bem melhor assim. Melhor pra mim... Com Você”. No embalo dessa canção, que começou esse dia, 18 de dezembro, no município de Valente, com muitos abraços, risos e alegrias, no qual crianças, adolescentes e suas mães da comunidade de Jitaí, município de Retirolândia e das Comunidades de Mucambinho, Miranda e Rose, de Santaluz se encontraram para intercambiar suas experiências e histórias contadas de formas artísticas, como almofadas, quadros, cocha de retalhos e bolsas, confeccionados pelas mães que ampliaram os desenhos dos filhos sobre suas raízes.

Leia mais
Coletivo de Mulheres de Nova Fátima Avaliaram ações realizadas em 2017

Coletivo de Mulheres de Nova Fátima Avaliaram ações realizadas em 2017

15/12/2017

Aconteceu no município de Nova Fátima, nessa sexta-feira, 15 de dezembro, um momento para reflexão, discussão e avaliação das ações realizadas pelo coletivo de mulheres, que trabalham com atividades diversas no sentindo do protagonismo da mulher em direitos, autonomia e liberdade, resultando no fortalecimento e conscientização do próprio ser mulher, que deve ser dotada de equidade de gênero. O trabalho realizado no município tem assessoramento e acompanhamento do Movimento de Organização Comunitária – MOC através do Programa de Gênero (PGEM) e com apoio financeiro da instituição internacional Actionaid, por meio do projeto: Parceiros/as Por um Sertão Justo.

Leia mais
Evento de Culminância da Campanha O PROBLEMA TAMBÉM É MEU! Não à Violência Contras as Mulheres

Evento de Culminância da Campanha O PROBLEMA TAMBÉM É MEU! Não à Violência Contras as Mulheres

14/12/2017

“Entrei na luta da luta eu não fujo (...). Pra construir uma nova sociedade”. Essa luta é continua de todos os dias e anos até que todas as mulheres sejam livres, autônomas e dotadas de direitos de equidade de gênero. Até que se combatam todos os tipos de violência contra as mulheres existente em uma sociedade machista, preconceituosa e racista, que oprime e lapidam vidas diariamente. Na certeza que esse problema de todos/as que se encerra o ciclo de mais uma campanha de enfrentamento à Violência de Gênero, realizada há anos pelo Movimento de Organização Comunitária – MOC, que esse ano de 2017, teve como tema o PROBLEMA TAMBÉM É MEU! Não a Violência Contra as mulheres, em paralelo à Campanha de 16 Dias de Ativismo. Pelo Fim da Violência Contra Mulheres. Essa Campanha percorreu o objetivo de contribuir para desnaturalização da violência de gênero, dando visibilidade as diversas formas de violação dos direitos das mulheres, de modo que promova o seu acesso aos mecanismos de prevenção e enfrentamento a violência, neste ano, a Campanha teve uma dimensão regional, unindo-se a outras entidades, organizações de mulheres e feministas, como também redes e sindicatos, envolvendo municípios do Território do Sisal e o Território da Bacia do Jacuípe, na qual realizou nesse dia 13 de dezembro, no município de Valente, um momento de consolidação de suas atividades com esses municípios que trabalham com essa luta, instigando-os a continuar com as demandas e ações de enfrentamento à violência de gênero.

Leia mais
Audiência Pública sobre Cooperativismo Solidário aconteceu em Salvador

Audiência Pública sobre Cooperativismo Solidário aconteceu em Salvador

12/12/2017

O Movimento de Organização Comunitária - MOC participou nessa terça-feira, 12 de dezembro, no Auditório Jornalista Jorge Calmon, na Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, em Salvador, de uma Audiência Pública sobre Cooperativismo Solidário, através da representação da Coordenadora Geral Célia Firmo, da Coordenadora do Programa de Fortalecimento de Empreendimentos Econômicos Solidários – PFEES Gisleide Carneiro, assim como técnicos/as do PFEES e membros de empreendimentos solidários das redes assessoradas pelo MOC, Arco Sertão Central e Cooperativa Rede de Produtoras da Bahia – COOPEREDE.

Leia mais