Lançamento da 2º turma do Curso de Realidade Brasileira do Recôncavo da Bahia será aberta ao Público

Lançamento da 2º turma do Curso de Realidade Brasileira do Recôncavo da Bahia será aberta ao Público

11/04/2018

No dia 13 de abril, às 19 horas, na Universidade Estadual de Feira de Santana, será realizada a aula inaugural do 2º Curso de Realidade Brasileira do Recôncavo da Bahia,  aberta ao público. O Curso tem como proposito fazer com que estudantes, professores, militantes, educadores, pesquisadores, lideranças e representantes de movimentos sociais e organizações populares compreendam, de forma aprofundada, a realidade brasileira, a partir do estudo de uma obra e do pensamento de autores clássicos brasileiros, com a finalidade de fortalecer e fomentar uma práxis engajada e militante.

O Curso seguirá ainda linhas específicas, tais como: Elevar o nível sociocultural e intelectual das lideranças participantes do curso, atingindo através desses, a base das organizações e movimentos sociais urbanos e rurais; Socializar conhecimentos e experiências entre universidade, professores/as e educadores/as, lideranças dos diferentes movimentos e entidades sociais; Proporcionar à Universidade o cumprimento de uma de suas funções, qual seja, a Extensão Universitária, atendendo demandas específicas da sociedade, aumentando o vínculo entre instituição de ensino e a comunidade, sendo
 uma realização coletiva de diversos movimentos sociais com as Universidades, que participam diretamente de todo processo pedagógico, desde a construção político-metodológica de cada etapa, o acompanhamento dos cursistas à avaliação de suas produções.

O Movimento de Organização Comunitária (MOC) é parceiro na realização desse curso e contará com membros da sua equipe engajados na participação, por entender que o curso acontece num momento oportuno para fortalecer o processo de formação política das lideranças na nossa organização, bem como para fomentar a prática de incidência sociopolítica, o engajamento dos lutadores e lutadoras num contexto desfavorável às conquistas sociais e de ameaça à democracia, assim acredita-se na perspectiva de elevação do nível sócio cultural e intelectual de liderança, que luta para construir um Sertão Justo, bem como a oportunidade de compartilhar e socializar conhecimentos e experiências com outras organizações sociais, que teimosamente insiste e resiste na defesa da democracia e dos direitos humanos no Brasil.





Por: Programa de Comunicação do MOC - PCOM
Fonte/Card: Blog CRB